O Tribunal Monsanto é uma iniciativa internacional da sociedade civil com o objectivo de responsabilizar a Monsanto por violações dos direitos humanos, por crimes contra a humanidade e por ecocídio. Juízes eminentes ouviram depoimentos de vítimas e irão proferir um parecer consultivo, seguindo os procedimentos do Tribunal Internacional de Justiça. Num evento distinto e paralelo, ocorreu a Assembleia dos Povos. Foi um encontro de movimentos sociais de todo o mundo que trocaram ideias e planos para o futuro que todos queremos. O Tribunal e a Assembleia dos Povos tiveram lugar entre 14 e 16 de Outubro de 2016, em Haia, Holanda.

O Tribunal Monsanto foi emitida em directo. Todos os depoimentos de testemunhas e peritos e apelos dos advogados estão on-line, por favor consulte a nossa página Multimédia. Para começar, convidamos a assistir ou rever os seguintes momentos-chave.

  • Conclusão pela Juíza Tulkens, presidente do Tribunal e ex-Vice-Presidente do Tribunal Europeu dos Direitos do Homem

Juíza Tulkens: "[O parecer jurídico] será dirigida à Monsanto e às Nações Unidas. Deste parecer jurídico, outras jurisdições podem ser envolvidas e mais juízes intervirão. Nós, como os juízes [do Tribunal da Monsanto] vimos, ouvimos, observamos e deliberamos. Possivelmente o direito internacional levará em consideração novas questões como as relacionadas com ecocídio."

  • Abertura do Tribunal, por Corinne Lepage, ex-ministra francesa do Ambiente



  • Conclusão por Marie-Monique Robin, membro da comissão organizadora


Muitas fotos e vídeos curtos de entrevistas a testemunhas, advogados e especialistas do Tribunal e oradores na Assembleia do Povo estão on-line na nossa página de Facebook e acessíveis na página de Multimédia.

Leia mais (em inglês) sobre o contexto jurídico do Tribunal Monsanto e suas conseqüências.


العربية   中文   Deutsch   English   Français   Italiano   Nederlands   Português   русский   Español  

Contact